Avaliação do Draft 2015 - Quarterbacks

Como de hábito, vou começar a avaliação do Draft destacando o que aconteceu com os Quarterbacks, porque muitas vezes é o desenrolar dessa posição define o destino dos times. Esse ano tivemos 4 QBs draftados nos 3 primeiros rounds (contra 5 do ano passado), e suas carreiras serão sempre comparadas. Vamos a eles:   Jameis Winston - 1ª escolha geral – Tampa Bay Buccaneers   Ninguém acreditava que a 1ª escolha geral seria usada em outro jogador que não Winston. Era o nome que a torcida dos Buccaneers, acostumada a assisti-lo atuar por Florida St queria para sua equipe. A decepção em caso contrário seria grande e poderia impactar economicamente, num time que há anos encontra dificuldade de vender todos os seus lugares no estádio. Em campo, Winston tem muito talento. Precisa corrigir algumas falhas e adquirir um melhor feeling das coberturas defensivas, mas está apo para atuar desde o primeiro momento. O problema está fora de campo, onde mostrou imaturidade nesses dois anos como Quarterback de Florida St. Será que construirá uma carreira sólida?

  Marcus Mariota – 2ª escolha do 1º round – Tennessee Titans Depois de oferecer a chance de draftar Mariota até para os times brasileiros, Tennessee resolveu ficar com a PICK e o Quarterback. Esquematicamente não sei se as características dele casam com o estilo ofensivo de Ken Whisenhunt (HC), mas confio no potencial de Mariota. Acho que ele pode se adaptar ao que os Titans pedem de seu Quarterback, pois possui bastante talento. Porém pode demorar um pouco.

Fonte: www.king5.com

 

    Garrett Grayson – 3º round – New Orleans Saints Quarterback produtivo no campeonato universitário, mas que dividiu opiniões nesse período pré-Draft. Ele não tem as características físicas que os scouts procuram na posição, nem o braço forte para executar qualquer passe. Acho ainda que seus movimentos são muito lentos, telegrafando os passes. Para sua sorte, ele foi selecionado por um time que não liga para essas convenções, e terá a chance de treinar com dois experts na posição: Sean Payton (HC) e Drew Brees (QB).

  Sean Mannion – 3º round – St Louis Rams Eu diria que Mannion tem as características perfeitas para um Quarterback da NFL, se estivesse comentando sobre um Draft de 25 anos atrás. Estático, não mostrou capacidade de movimentação para manobrar fora do POCKET, e prevejo dificuldade contra as BLITZES da NFL. Tomara que os Rams consigam aproveitar bem de suas qualidades e minimizar as deficiências.

  Entre os rounds 4 e 7 saíram apenas outros 3 Quarterbacks, totalizando um número muito pequeno (como esperado) para esta posição em 2015. Ambos Bryce Petty (Baylor) e Brett Hundley (UCLA) alternaram momentos excelentes (mais em 2013 que 2014) em suas universidades, mas além de inconsistência, jogavam em esquemas de difícil transição para a NFL. Denver surpreendeu com um nome bem pouco comentado nesse período pré-Draft. Foram eles:

  • Bryce Petty - quarto round New York Jets
  • Brett Hundley - quinto round - Green Bay Packers
  • Trevor Siemian - sétimo round Denver Broncos

Entre os jogadores não escolhidos 3 Quarterbacks vindos de universidades pequenas, mas com algum potencial Chris Bonner, Brandon Bridge e Bryan Bennett, terão (assim como outros) a oportunidade de brigar por vaga nos elencos, como Free Agents não draftados. Como sempre digo, ninguém sabe o que vai acontecer com esses jogadores, só o tempo nos dirá quais times tiveram a clarividência de optar pelo jogador certo, e a competência de desenvolvê-los corretamente. Para mais informações sobre os Quarterbacks desse ano, ouça nosso PODCAST sobre eles. .

Comentar

Veja também: