Football Business : NFL em streaming no Yahoo

No último domingo tivemos a segunda partida da temporada acontecendo em Londres, desta vez entre Jaguars x Bills. A novidade foi que pela primeira vez a NFL transmitiu um jogo ao vivo por streaming através do site Yahoo! Experiência que foi relatada como ótima e péssima pelos telespectadores. Estes jogos de Londres já possuem o problema do horário. Como acontecem as 13h no horário local, os Estados Unidos assistem as 9AM em Nova Iorque e as 6AM em Los Angeles! Fora isso, muitas pessoas relataram um frequente problema de pixelização e travamento da imagem, fazendo com que a jogada ficasse paralisada por alguns segundos durante toda a partida. No momento do jogo, o twitter se encheu de mensagens de reclamações, ao invés do desejo original da liga em receber elogios pela novidade. Se imaginarmos que nos Estados Unidos o esporte é popular e transmitido por vários canais, é normal entender que o público não tenha paciência nem vontade de assistir uma partida desta forma. Porém para muitos outros, a experiência foi dita como satisfatória, tendo problemas uma ou outra vez durante a transmissão. Ao que parece, a maioria que teve problema, assistiu o jogo direto pelo browser do computador, sendo que quem viu através de Apple TV e afins, parece ter tido menos problemas. Para nós Brasileiros, que até pouco tempo quase não tínhamos opções para assistir aos jogos, acompanhar uma partida com esses problemas parece algo até normal. Entrando no campo do dinheiro, o Yahoo não parece ter tido muito retorno com a ação. A princípio a empresa disponibilizou o espaço de 30 segundos por 200 mil dólares e muitos deles foram vendidos por menos da metade! Para quem assistiu o jogo todo, percebeu que houveram poucas empresas anunciando (a maioria dos comerciais eram da própria NFL) e os valores almejados pelo Yahoo não foram atingidos. Ainda falando sobre investimentos, o Yahoo pagou 17 milhões de dólares à NFL para transmitir a partida, 15 deles por direitos de imagem e 2 por direitos de marketing. Já em audiência, os números foram ótimos, cerca de 33 milhões de espectadores durante todo o jogo sendo um terço deste número (11 milhões) de fora dos Estados Unidos. Fazendo a matemática, fica claro que o Yahoo não "entrou nessa" para ganhar dinheiro. A chance de mostrar ao mundo que possuem capacidade e tecnologia para transmitir por tantas horas em alta qualidade e ainda aguentar o acesso tantas pessoas ao mesmo tempo é o que mais vale. Num futuro próximo, devemos ter mais jogos transmitidos e mais empresas confiando e apostando na transmissão através de anuncios, fazendo com que a conta seja de saldo positivo. Por enquanto para eles, fica o dever de casa de conseguir minimizar ao máximo os problemas relatados no início do texto e conseguir repetir a ação, já que a NFL tem pretensão de repetir a experiência no ano que vem. Obrigado e nunca se esqueçam, All we need is R.O.I! 


Felipe Von Zuben é publicitário e atua como gerente de marketing de mais de 10 franquias de turismo no interior de São Paulo e de uma emissora de TV local. Estagiou em marketing esportivo no Canadá atuando com franquias como Buffalo Bills (NFL), Phoenix Suns (NBA), Toronto Blue Jays (MLB), entre outras.

Comentar

Veja também: